SKINBOOSTER – Conheça a novidade que promete hidratar profundamente a pele

Você conhece o Câncer de Pele?
15 de fevereiro de 2019
Câncer de pele carcinoma basocelular
15 de março de 2019
Exibir tudo

SKINBOOSTER – Conheça a novidade que promete hidratar profundamente a pele

Todos nós gostamos de novidades, não é mesmo? E quando o assunto é uma inovação na área da estética, os olhos brilham ainda mais! Quem não deseja uma pele saudável, viçosa e jovial? O tratamento chamado de Skinbooster é a novidade mais promissora para manter a pele potencialmente hidratada.

Sabemos que quando somos jovens, nossa pele é uniforme, firme e elástica. Mas o que permite que tenhamos essas características na juventude? Muitos diriam que é o colágeno. Sim, ele também é fundamental. No enquanto, nossa pele possui um componente natural, conhecido por ácido hialurônico, cuja função é justamente preencher os espaços existentes entre as células da pele, permitindo que ela se mantenha firme. Além disso, as células do corpo humano são compostas, basicamente, por água, cuja perda é progressiva ao longo da vida.

Assim, o envelhecimento da pele está intimamente relacionado à perda de água e à redução na produção natural de ácido hialurônico. Como consequência, temos flacidez, perda de viço e de elasticidade, dando lugar às temidas rugas e linhas de expressão.

A técnica inovadora conhecida por Skinbooster promete reidratar potencialmente a pele de dentro para fora, com o fim de repor o colágeno e, principalmente, o ácido hialurônico, além de outras substâncias responsáveis pela firmeza, tônus, hidratação e elasticidade da pele.

A grande vantagem deste procedimento quando comparado ao uso corriqueiro de cremes é que estes são aplicados na camada superficial da pele e tem um limite de penetração. Ainda que aplicados diariamente por muitos anos, dificilmente reporão em quantidades suficientes todas as perdas nas camadas mais profundas da pele. Cremes passaram a ser aliados e não mais os únicos recursos.

O Skinbooster é injetado na derme – a camada intermediária da pele, onde estão localizadas as fibras elásticas, melhorando a elasticidade, estimulando a atuação do colágeno, tornando a pele notadamente mais viçosa, já que regenerada de dentro para fora.

Um alerta, porém, é necessário. Não se trata de um procedimento milagroso e sim de um aliado no rejuvenescimento e manutenção de uma pele saudável, por isso as expectativas do paciente devem ser pele melhora na qualidade da pele, não de mudança de fisionomia. Não estamos aqui a tratar de mudanças físicas, como ocorre no procedimento de aplicação de toxina botulínica ou de preenchimento cutâneo.

Apesar dos preenchedores cutâneos também serem a base de ácido hialurônico, o Skinbooster não aumenta volume, nem preenche sulcos, mas devolve o brilho, a maciez e a hidratação à pele, além de, em alguns casos, suavizar linhas finas de expressão, decorrentes, justamente, da baixa hidratação.

O Skinbooster pode, a critério médico, ser realizado na face, ao redor dos olhos, no colo, no pescoço e nas mãos. De igual modo, também pode ser combinado com outros procedimentos estéticos, como peelings, preenchimentos cutâneos, luz pulsada e laser.

O procedimento deve ser sempre realizado por médico habilitado e feito em consultório, mediante o uso de anestésico tópico, e dura cerca de 15 minutos. Como já mencionado, o efeito é gradual e varia de pessoa para pessoa.

O protocolo de tratamento envolve, de modo geral, 3 sessões de aplicação inicial, com intervalo de 3 a 4 semanas entre elas e a manutenção semestral.

Dr. Rogerio Angelucci
Dr. Rogerio Angelucci
Dermatologista - CRM 125.156/SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *